Sem categoria

Ranking de Agências – Janeiro a Maio 2015

Atenção: Os valores que seguem reportam o investimento publicitário dos anunciantes atendidos pelas respectivas agências.

Os valores não representam a receita.

Janeiro а Maio 2015
Moeda: U$ (000)
Posição Agência Investimento
1 Y R 1.025.448
2 OGILVY E MATHER BRASIL 523.120
3 BORGHI LOWE 497.646
4 AFRICA 416.996
5 WMCCANN 389.670
6 ALMAP BBDO 380.470
7 DM9DDB 353.637
8 JWT 342.069
9 LEO BURNETT TAILOR MADE 338.622
10 HAVAS WORLDWIDE 323.745
11 MY PROPAGANDA 308.075
12 PUBLICIS PBC COMUNICACAO 303.637
13 FCB BRASIL 285.838
14 F NAZCA S E S 227.615
15 LEW LARA TBWA 217.187
16 NEOGAMA 195.957
17 TALENT 182.778
18 LODUCCA 174.401
19 HEADS PROPAGANDA 173.029
20 ARTPLAN 161.812
21 PROPEG 160.664
22 PANDORA PUBLICIDADE 157.292
23 NBS 150.360
24 ESCALA COMUNICACAO 146.154
25 AGENCIA WE 145.368
26 GREY 142.482
27 E MIDIA PROPAGANDA E MARKETING 136.305
28 DPZ 134.580
29 FISCHER 130.676
30 TATERKA 128.780
31 NOVA SB 120.345
32 MULTI SOLUTION 116.573
33 IZAD PUBLICIDADE 111.595
34 REF COMUNICACAO 87.229
35 IMPACTO PROPAGANDA 86.670
36 MOMA PROPAGANDA 82.984
37 Z MAIS 82.870
38 RINO PUBLICIDADE 80.865
39 FULLPACK COMUNICACAO 80.746
40 SINERGIA PUBLICIDADE 69.913
41 WIEDEN KENNEDY 64.836
42 PANDA AGENCIA 61.798
43 WUNDERMAN 59.405
44 3A WORLWIDE SOUTH AMERICA 58.748
45 DENTSU 48.613
46 FBIZ 45.978
47 OBJETIVO PROPAGANDA 45.367
48 REPENSE COMUNICACAO 44.626
49 EUGENIO PUBLICIDADE 42.138
50 RAI COMUNICACAO 40.726
Fonte: Monitor

 

Banco utilizado: (ME1504TOTAL) 41 Mercados – 9 Meios + Merchandising – Maio/15

O ranking contém os investimentos de Agência Conta Dividida. São classificadas como conta dividida:

• mesmo filme, no mesmo período, dividido por diferentes agências;
• meio outdoor que não é classificado por campanha.

Critério de operações de fusões: Durante os 6 primeiros meses após a fusão, a verba  das agências envolvidas não sofrerá alteração. Passado esse período os valores serão reclassificados com histórico de data da fusão.

Critério de separação de agências: As agências envolvidas  seguem com seus valores históricos inalterados, ou seja, os valores do período anterior a esse separação não serão atribuídos às novas agências provenientes da reestruturação. Caso uma ou mais agências sigam com a carteira de clientes total ou parcial,  esse investimento será refletido respeitando esse histórico.

NOTAS IMPORTANTES:

1- O critério Mídia Interna foi revisto, ampliado e definido a partir de 2013 como Autopromoção. Esse novo conceito trará mudanças de valores de investimento para as agências que tenham veículos de comunicação em sua carteira desde 2012.

2 – A partir de 2013, os investimentos realizados em Merchandising passam a ser contabilizados na verba das agências para divulgação do ranking.